segunda-feira, 21 de abril de 2014

OPINIÃO!



Sinto-me envergonhado quando vejo o meu Brasil que está comemorando 50 anos livre da ditadura militar a esparramar vestígios de um período tão cruel e crítico de tempos passados. Um governo (do PT) que se diz do povo e para o povo fazer um absurdo igual ao que estão fazendo com o SBT (Sistema Brasileiro de Televisão) e, sobretudo com a jornalista Rachel Sheherazade. (veja a postagem abaixo, 50 anos após ditadura militar, governo petista ainda ameaça opiniões de jornalistas)
A pouca credibilidade que tinha pela política do Brasil está se desfazendo pouco a pouco, pois, após notícias como essa me vem à cabeça várias hipóteses que podem ser realidade, não ficando apenas na minha imaginação.
Como posso está em um país livre da ditadura se uma “pobre” jornalista, formada para noticiar, informar e formar opiniões não poder criticar o governo, onde os telespectadores estão vendo que a mesma se encontra em plena razão. A educação que se “ferre”     , a saúde, o transporte, enfim, tudo e todos que se conforme com o favor que faço a vocês todos os meses com míseros R$ 75,00 do bolsa-família, vocês ainda reclamam do quê?  O que quero é ser reeleito(a) como bonzinho(a) e pronto! Que se calem todos! Eu sou soberano(a)...
Agora parece que está se confirmando o que se passa por trás das câmeras das grandes bancadas dos jornais da TV brasileira, se criticarem fortemente aos políticos a emissora perde o patrocínio do governo deixando de arrecadar milhões, assim é melhor ficar caladinho para também não perder o emprego. Psiu... Qual jornalista quer passar anos em faculdades se formando para perder o emprego? Assim é melhor ficar...... Isso mesmo, calado...
Uma coisa eu sei, quem vem com vestígios do passado obscuro que o país enfrentou com a ditadura militar é porque tem más pretensões, é a hora de o Brasil abrir os olhos e tirar de uma vez da história de nossa nação essa maldita raiz que está querendo germinar novamente, ressurgindo ao cheiro do passado para produzir frutos... E maus frutos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário