quarta-feira, 22 de junho de 2011

"ATÉ QUE A MORTE OS SEPARE"!


Estava assistindo a um jornal popular da TV globo, mais exatamente o Jornal Hoje, que gosto muito, e em uma das reportagens que falava sobre o novo projeto de lei acerca do casamento uma telespectadora entrevistada em resposta a pergunta do repórter falou a seguinte frase; " A final casamento não é para sempre".

Fiquei impressionado com essa resposta ao ponto de vir em mente responder de forma indireta a essa entrevistada e a todo Brasil a asneira que foi falada por essa pessoa.

Primeiro, quando acontece um casamento se faz um juramento que todos nós conhecemos muito bem, "ATÉ QUE A MORTE OS SEPARE".

Esse juramento não está sendo feito simplesmente ao pastor, padre ou sociedade, e sim à Deus, aos princípios que todos nós conhecemos. Casamento é para ser para sempre sim, a casos que realmente se é preciso pedir um divórcio, mas deve ser primeiro analisado todas as hipótese possível antes de pedi-lo

A entrevistada falou com um tom de que casamento é igual a sapatos, que trocamos quando achamos que está desgastado.

É essa ideia que passamos para os nossos filhos? Que eles vão se casar e deve se separar quando achar que deve separar-se?

Última: A final, quantos maridos essa entrevistada já teve?

COMENTE!

Nenhum comentário:

Postar um comentário